RDP NA VIRADA CULTURAL 2018

3ª CYPHER SP HIP HOP ALL STARS

SP HIP HOP ALL STARS - PRÉ LANÇAMENTO DO ALBUM NA 105 FM - RAP DU BOM - 14.04.18

THAÍDE - HIP HOP PURO (PRODUÇÃO DJ HELIOBRANCO)

N.W.A - STRAIGHT OUTTA COMPTON (CLEAN ALBUM) - K7 - 1989

Para quem esperou eu soltar meu lado mais gangueiro, aqui está uma relíquia do NWA...o álbum em versões para rádio, sem palavrões. Este álbum saiu em k7 e por este motivo dá pra escutar o chiado característico, que tentei amenizar um pouco com alguns filtros. Sempre que um grupo acaba, fica aquele lero lero de que o grupo era muito bom, era legendário, era isso e era aquilo. Vivi a ascensão do NWA e digo que apesar do monte de apologias e ofensas que o sexteto lançou neste álbum, considero a produção do Dr. Dre & Yella, as letras bem escritas de Ice Cube, o flow de MC Ren junto com a estratégia comercial do mestre Eazy-E algo que fundamentou o grupo. A produção de Dr. Dre ainda trazia um pouco dos megamixes que ele produzia para a Roadium Spot (rádio que ele tocava) e pitadas do Wreckin Kru. As rimas de Ice Cube e MC Ren era impecáveis. Já a estratégia de Eazy-E estava muito focada em criar um produto que trouxesse à mídia e à América branca, toda a violência de Compton, Los Angeles. Com seus bonés "Los Angeles Raiders", óculos gangueiros e gírias locais disparadas a todo momento, eu sentia que tinha alguma armação por trás de toda a cena uma vez que nas entrevistas todos pareciam muito ensaiados quando falavam sobre o "somos da rua" e traziam um ar de que haviam sido criados para serem NWA. Eazy-E claramente era a mente criadora por trás de tudo o que ocorria com NWA, tanto é que após sua morte, Dr. Dre só produziu porcaria e Ice Cube virou um péssimo ator de filmes. Já MC Ren, que para mim era o melhor MC de todos eles, apresentou trabalhos fracos e sem um apelo claro - MC Ren era gangsta ou religioso? Yella definitivamente foi esquecido após o disco que lançou em memória de Eazy-E. Nem falo de Arabian Prince, o mestre do electro funk. Claro que esta é apenas minha opinião, porque os caras eram bons mesmo e criaram uma história que virou de ponta cabeça o hip-hop como era reconhecido até aquele momento. Saía de cena as rimas party rocker (animação de festa + agitação do público) e entrava o gangsta rap (palavrões + ofensas). O que pareceu na época uma novidade bacana, na real, danificou o hip-hop em sua forma original...coisas da indústria musical americana...Viva Eazy-E !! ele era o cara...

Nenhum comentário: